Novo Layout

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Batom preto fosco Queen Makeup

domingo, 28 de fevereiro de 2016
Desde que esses batons "fantasia" da Queen foram lançados, fiquei louca para ter um de cada. Há alguns dias eu estava de bobeira na rua e passei numa lojinha de bijus na minha cidade e tive a sorte de ainda ter alguns batons.
Comprei o 2 pretos e um azul (que ainda vou mostrar também).  Deixei o verde de lado, pois achei que a cor era muito clara para o meu gosto. Acho que se fosse um verde mais escuro, ficaria melhor em mim. Só que eu fui burra, pois eu posso muito bem misturar com o preto e usar numa boa, entonces preciso voltar lá na loja e comprar o verde também.
Comprei 2 pretos por motivos de que não é todo dia que a gente encontra um batom preto bom, então quis deixar estocado hehe.

E essa sou eu de batom preto.
 O batom é fosco, bem sequinho e desliza muito bem nos lábios. Minha aplicação não ficou das melhores, pois não estou muito acostumada ainda a usar batom preto. Porque né, batom escuro é uma coisa, batom preto é outra coisa.
Nesse dia fiz uma maquiagem rosinha com delineado gatinho e curti muito essa combinação. Achei que ficou trevoso e fofinho ao mesmo tempo.
A embalagem é super simples e parece ser um pouco frágil, então é bom cuidar para não detonar. Se carregar na bolsa, sugiro colocar em um compartimento separado, pois se deixar chacoalhando com os outros trem a embalagem vai quebrar com certeza.
Na minha cidade custou R$ 10,00 e eu achei que valeu muito a pena pela pigmentação e durabilidade.


sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Caveira Links #1

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016
Imagino que as leitoras desse blog já tenham reparado um banner do Femmelist ali do lado né?
Já faz algumas semanas que estou fazendo parte dessa plataforma. Se você clicar ali no banner ou ir ao site www.femmelist.com.br terá acesso à uma grande gama de conteúdos produzidos por várias blogueiras brasileiras. Todo dia a página inicial do Femmelist muda, trazendo novos conteúdos.
Eu particularmente acho que tem sido muito positivo para o #caveiraseflores pois leitores novos estão vindo através desse site e também tenho feito network com algumas blogueiras com blogs que me identifico.

Tenho tentado postar com mais frequência aqui e vou tentar postar uma lista de links toda semana, de conteúdos que encontrei no femmelist e em outros blogs que acho que vale a pena dividir com vocês.
Decidi criar a categoria "Caveira Links" não sei se a escolha do nome foi a melhor, mas se eu tiver alguma ideia mais decente eu mudo (aceito sugestões).


quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

O quê aprendi depois de cortar o cabelo no estilo pixie

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016
Apesar de eu já ter usado muitos tipos de cortes de cabelo na vida, nenhum dos outros se compara a sensação de ter pixie hair. E estas são algumas coisas que aprendi a lidar depois que adotei esse estilo.
  • As pessoas querem tocar minha cabeça.
Não que eu me incomode com isso. Mas sempre tem alguém que vai sentir uma vontade incontrolável de tocar minha cabeça. Algumas pessoas pedem primeiro, outras já vão passando a mão. Quando é alguém conhecido tudo bem, mas se for um estranho...
  • As pessoas vão me encarar onde quer que eu vá.
Não tem como eu me esconder, onde eu vou acabo chamando atenção. Geralmente são olhares admirados e que dá pra perceber que a pessoa apenas achou bonito/exótico. Mas tive que me acostumar e aprender a ligar o foda-se para aquelas pessoas que ficam encarando o tempo todo, apontando e comentando com alguém. Um saco. Ainda mais por que sou uma pessoa introvertida e tímida quase sempre.
  • Eu usava o cabelo como um "emotional blanket".
Isso é estranho, mas eu usava o cabelo para me esconder dos outros, de certo modo. Só depois de ficar sem esse cobertor emocional, essa capa, percebi o quanto eu tinha medo de me mostrar para os outros, de ser eu mesma e não me sentir desconfortável com isso. Usar o cabelo assim tão curto foi uma maneira de dar a cara a tapa, me revelar. Isso faz algum sentido? :)
  • Eu achava que cuidar de cabelo curto era super simples, mas descobri que não é tão simples assim.
O principal é a frequência de lavagem. O cabelo fica oleoso muito mais rápido, devido ao comprimento. Quando o fio é mais longo, demora mais para a gente ter a sensação de que está sujo, pois o óleo natural do couro cabeludo vai ter que fazer um caminho mais longo até chegar na metade do fio. Com o cabelo comprido, eu passava de 3 a 4 dias entre uma lavagem e outra (se eu não fizesse esforço físico ou não mexesse com fritura) numa boa, sem grilos.
Mas com o cabelo curto é diferente: em 1 dia seu cabelo vai estar grudado na cabeça de tanto óleo.

Outra coisa, no meu caso, é que meu cabelo é liso e fino. Esse cabelinho curto assim não dá pra lavar e simplesmente deixar secar ao natural, pois a vontade dele é estar sempre arrepiado. Tem que dar uma ajeitadinha com o secador, penteando para baixo, porque meu amor, ele não fica bonitinho sem isso.

Outra mito que eu desconstruí foi o de que cabelo pixie não precisa de hidratação. Precisa sim, ainda mais devido a frequência de uso do secador.
  • Eu percebi que meu cabelo cresce super rápido.
Com 3 semanas do corte, aquele arrepiadinho perto das orelhas começa a incomodar.
  • Eu sentia vontade de estar mais "arrumadinha" sempre, mas agora foda-se.
Principalmente nos primeiros meses depois do corte pois eu tinha a ideia errônea de que eu precisava "me esforçar para parecer uma menina", já que o cabelo já era "de menino". Mas hoje eu percebo que isso era preconceito de mim comigo mesma e claro, com uma grande contribuição do preconceito que recebi das outras pessoas.
Eu sou uma pessoa meio andrógina mesmo, face it. Não tenho que me esforçar para ser uma mulher mais "agradável", mais "tolerável" e mais "feminina" para a sociedade.

Por outro lado, aprendi a gostar mais do meu rosto já que não tinha numa "cortina" cobrindo os meus traços. Além disso, qualquer coisa que eu decidir usar vai se destacar ainda mais, seja a maquiagem, brincos, óculos ou outros acessórios.
  • As pessoas vão dizer que estou parecida com qualquer artista/famosa de cabelo curto.
Já fui comparada a várias famosas de cabelo curto, por mais que o corte da pessoa fosse totalmente diferente do meu e por mais que a pessoa tivesse um tipo físico nada parecido comigo. É porque para a maioria das pessoas, cabelo curto é cabelo curto. Elas não tem o olho treinado nem sensibilidade de perceber certas diferenças, por menos sutis que sejam. Mas isso é até normal.
  • As pessoas vão fazer perguntas estranhas.
Muita gente acha que se uma mulher raspa a cabeça ou faz um corte super curto, é por que está passando por algo dramático na sua vida.
Não faço ideia de qual fato social colocou isso no subconsciente coletivo, mas muita gente tem essa impressão e isso gera perguntas estranhas do tipo "vc terminou com o namorado?", "algum ente querido faleceu?", "você está passando por alguma crise pessoal?" e muitas outras.
  • Apesar de tudo isso, ter cabelo pixie é bom demais.
Só quem tem e gosta sabe como é! A praticidade, o ser diferente em meio a multidão... Amo.

Primeira vez que cortei pixie. Deixei ainda bastante cabelo.
Quando comecei a raspar, nessa foto já tinha mais ou menos um mês depois da primeira vez que raspei.
Alguns meses depois de parar de raspar, deixando crescer um pouco para mudar o estilo do corte. Feliz da vida!
Espero que tenham gostado do post! E se você tem vontade de ser uma curtinha também, não hesite! Ninguém merece ficar passando vontade ;)


sábado, 13 de fevereiro de 2016

Maquiagem neutra com brilho e boca escura

sábado, 13 de fevereiro de 2016
E aí gentes!
Se tem uma coisa que é chic em qualquer época é uma maquiagem neutra. Sempre adequada, sempre elegante.
Se tem uma coisa que é minha cara é usar uma roupa mais despojada e podrinha com uma make neutra bem elaborada.
E o bom de maquiagem neutra é que ela é super democrática: existem inúmeras formas de fazer e fica bem em qualquer pessoa.
Estou preparando mais 2 propostas neutras para o #caveiraseflores. Aguardem e fiquem de olho!

Nessa maquiagem eu fiz uma pele mais leve e sem contorno, com blush rosa e um tico de contorno só no nariz. Nos olhos rolou um esfumado alaranjado e marrom, um toque cintilante com sombra cremosa rosa e cantinho interno rosa bebê.
Na parte inferior dos olhos, usei lápis marrom e bastante rímel. Para finalizar, um delineado gatinho bem fino e um batom poderoso para dar o tom da produção.
Passo a passo
Para começar, já com as sobrancelha preenchidas e a pele pronta, passei a base de sombras caseira e apliquei uma sombra branca opaca abaixo da sobrancelha, para iluminar e ajudar no esfumado depois. Se você tem a pele mais escura que eu ou não gosta do efeito dramático abaixo das sobrancelhas, aplique uma sombra bege ou um tom mais próximo da sua cor de pele. O pó compacto também é bom para fazer esse passo.
Essa sombra que usei é da marca Essencial by Hiroshima.
Em seguida, apliquei uma sombra laranja claro em todo o côncavo, para ser a base do esfumado, com o auxílio de um pincel de esfumar bem fofinho. Essa sombra que usei é da coleção Monster High da Fenzza.
Depois apliquei sombra marrom um pouco cintilante do meio para o final da pálpebra móvel. Essa sombra é muito pigmentada, de um kit baratinho da Ruby Rose que já mostrei nesse post.
Em seguida esfumei as duas cores no côncavo, usando o mesmo pincel que apliquei a sombra laranja.
No início da pálpebra onde não tinha sombra, apliquei uma sombra marrom mais clara. Essa sombra é da Yves Beauty.
Bem no cantinho interno, apliquei uma sombra rosa bebê bem cintilante, para trazer luz ao olhar. Esse quarteto de sombras é da Fenzza.
Por cima da sombra marrom da primeira metade do olho, apliquei com o dedo uma sombra cremosa rosa super cintilante da Vinyx, dando batidinhas.
Na parte inferior dos olhos, passei lápis marrom e depois selei com sombra marrom e passei muita máscara de cílios.
Para finalizar os olhos, fiz um delineado bem fininho no final com meu delineador da Natura.
Pronto, maquiagem finalizada! Que talz? :)

Acompanhe o Caveiras e Flores também nas redes sociais:

Para mandar sugestões e dúvidas, email: contato@caveiraseflores.com

Onde comprar (com links):


quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Batom líquido matte Verty da Max Love

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016
E aí galeres?
Confesso que eu nem queria falar desse batom no blog, tamanha foi minha decepção com ele. Mas vamos lá.
Ganhei esse batom junto com o Black Velvet e, diferente dele, esse aqui é bem mais complicado de usar.
A chateação já começa na embalagem, que tem um fucking lacre bem na tampa. Daí a gente tira e fica tudo cagado, grudento de cola. Mas ok, vamos ver como é o batom.
Um monte de produto acumulado bem na "boca" da embalagem, daí você vai aplicar nos lábios, a consistência é super estranha! Com muito esforço você espalha o batom nos lábios (acumulando nos cantos, nas bordas) e depois que termina... Cadê que seca? Seca mais ou menos, depois de horas (literalmente).
Quando você começa a falar, ele já começa a rachar no centro da boca e fica com umas partes falhadas.
Não entendi qual é a desse batom, sinceramente.
É realmente uma pena, pois a cor é LINDA, maravilinda. É tipo um verde petróleo. Mas a qualidade do batom em geral não dá pra defender. Queria muito que ele fosse bom de usar que nem o Black Velvet.
Se algum dia eu descobrir uma gambiarra, um jeito de fazer o acabamento dar certo, conto aqui pra vocês.
Depois que fiz essas fotos ainda tentei dar um jeitinho com pó translúcido, mas ficou uma caca ainda pior.
Desculpa Max Love, os batons de vocês são ótimos, mas alguma coisa não deu certo nesse aqui. Espero que vocês reformulem esse batom e também lancem novas cores trevosas assim, testarei com prazer.

Beijocas e até a próxima.


quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Tutorial de maquiagem: sombra na mesma vibe do batom

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016
Ultimamente estou numa fase de combinar sombra com batom, mesmo que não seja na cor exata, mas pelo menos na mesma vibe. Antigamente eu achava que ficava estranho, mas hoje que consigo me maquiar bem melhor, acho que pode ficar uma graça, se for bem acabada e se o tom for bem escolhido.
Nessa maquiagem eu fiz tudo que amo: canto interno super iluminado, parte inferior super esfumada e delineado super puxado. Isso aumenta muito os olhos e chama a atenção de longe.

Confira o passo-a-passo:
Já comecei com as sobrancelhas preenchidas e com base de sombras aplicada. Passei uma sombra branca opaca abaixo das sobrancelhas para iluminar e facilitar o esfumado depois. Usei um pincel pequeno e fofo.
Depois passei uma sombra num tom de rosa frio no côncavo e acima, esfumando até bem perto da sobrancelha. Nesse passo usei um pincel de esfumar bem grande e gordo. O que impede da sombra chegar até lá de fato é a sombra branca aplicada anteriormente.
Apliquei sombra marrom médio no côncavo e esfumei com a sombra rosa. A intenção é deixar o rosa sumindo na borda.
Em seguida apliquei sombra preta no canto externo e côncavo.
Depois esfumei tudo junto, usando o mesmo pincel da sombra rosa. Conforme a necessidade, fui reforçando o marrom e o rosa no esfumado até ficar como na foto.
Depois passei sombra magenta em toda a pálpebra móvel, esfumando com as sombras anteriores para deixar tudo bem uniforme.
Na parte inferior, passei bastante lápis preto cremoso.
Depois esfumei o lápis com a mesma sombra marrom, para selar e dar um efeito edgy na maquiagem, que já virou minha marca.
Outra coisa que é muito a minha cara é passar MUITA sombra cintilante no canto interno dos olhos. Não consigo fazer maquiagem nenhuma sem passar sombra ali.
Finalizei com delineador esgateado e mais grosso e muita máscara de cílios. Pronto, a maquiagem está finalizada! Que tal?
Esse batom (que várias pessoas perguntaram) é da Queen e infelizmente não tem referência. Mostrei ele nesse post. Ele está na segunda foto, é o terceiro da esquerda para a direita.
Eu amei ter usado essa maquiagem. E você, gosta desse estilo? Me diz aí!

Abraços e até a próxima :*


quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Dica: Aplicativo Lady Timer

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016
Hoje eu quero falar sobre esse aplicativo que já me ajudou muito. Bem que eu queria que alguém tivesse me passado uma dica boa dessa antes, mas tive que descobrir sozinha mesmo.

O Lady Timer é um aplicativo para Android, gratuito, que funciona como um calendário de ovulação. Em vez de marcar no calendário de mesa ou no calendário do Google o período que você está "em seus dias especiais", você vai passar a marcar nesse aplicativo.
Mais do que um calendário, ele vai calcular todos as suas informações de período fértil, dias de ovulação (em que a chance de engravidar é muito alta) e quantos dias faltam para a próxima menstruação
Tudo o que você precisa fazer é baixar o aplicativo na sua loja de apps (eu baixei da Google Play Store) e marcar no mês e dia correspondente o primeiro dia da menstruação. Pronto! O Lady Timer vai gerar tudo pra você.

O Lady Timer me ajudou muito a entender melhor o meu corpo, além de me tirar sempre a preocupação de estar grávida ou não, quando eu achava que estava atrasada. Por falar nisso, é possível configurar ambas opções: se você pretende engravidar ou se pretende evitar gravidez.

O aplicativo está dividido em 4 abas superiores que são: calendário, opções, info e chat.
Tirei print das principais telas, para vocês terem uma noção de como o app é. O meu está configurado para evitar gravidez.
A primeira tela é como estava o meu calendário no mês de dezembro. Embaixo tem a legenda explicando: os dias em vermelho são dias de menstruação, os dias em verde claro são dias férteis e o verde escuro é o dia da ovulação.
Meu calendário estava assim, mas a realidade estava outra. Comecei a tomar um anticoncepcional por conta própria na intenção de acabar com a acne, mas isso me desregulou completamente. Foi uma experiência bem ruim, que eu ainda não tenho certeza se vou falar sobre aqui no blog. Enfim.

Na segunda tela é o seu status do dia, onde ele calcula e mostra em qual dia do ciclo você está, quantos dias faltam até a próxima menstruação, quantos dias até a próxima ovulação, e a probabilidade ou risco de gravidez.
Nas telas acima, é o que se abre quando você clica em um dia qualquer. Tem as opções de anotar muitas informações, que serão processadas e mostradas em gráficos ao final do ciclo.
É possível dar uma nota para o fluxo (1 estrela para pouco, 2 para moderado e 3 para intenso), dá para marcar se naquele dia você teve relações, se você teve algum sintoma que possa estar ligado à ovulação, o seu peso, humor, o contraceptivo que você tomou e muitas outras coisas. 
Também tem a opção anotações, onde é possível anotar o dia que você foi ao gineco
Vale a pena explorar essa parte do aplicativo e descobrir as coisas por conta própria.
Ainda na aba "info" existe a seção "educação" com muitas informações importantes sobre saúde da mulher, vídeos, etc. Recomendo às adolescentes explorarem essa parte do aplicativo.

Na última tela tem a aba "chat", onde as mulheres que estão tentando engravidar conversam e trocam informações entre si. Essa parte eu confesso que provavelmente nunca vou usar hahaha.

Por hoje é isso, espero ter passado a você uma boa noção de como o aplicativo funciona. Se você se interessou, baixe e comece a usar e conheça melhor o seu corpo e seus ciclos pois isso é importante.
Link direto do app na Google PlayStore.


Blogger Widget